28/08/1653: Patente de Sua Magestade da Capitania do Cabo Frio de que faz mercê a João Garcia de Magalhães por três annos

08/10/1612: Sobre a naveta inglesa que foy a capitania do Spirito Sancto e denunciação que deu Leonardo Froes de Francisco de Aguiar e os Teixeiras
18/10/2017
[Do Cabo de São Thome ate o morro de João Moreno no Spirito Santo] (1646)
18/10/2017
 
[quads id="1"]
 
 

Dom João por graça ele Deus Rei ele Portugali, e dos Algarves daquem, e dalem mar em África Senhor de Guiné, e da conquista navegaçao, commercio da Ethiopia, Arábia. Pérsia, e da índia etc. Faço saber aos que esta minha carta virem que tendo respeito aos serviços de que João Garcia de Magalhães natural da Capilania do Espirito Santo [Espírito Santo], e filho de Manoel de Alexandre feitos nas Capitanias elo Sul do Brasil, e Cabo Frio entrepoladamente, desde o anno de seiscentos e dezoito até o de vinte e dous, achando-se do Cabo foi acomettida das Naus Hollandezas, e na reveremcia, que então se lhe fez rendendo-lhes a sua Almiranta, com muitos homens, armas, e municões, e com grande reputação do nome Portuguez, indo depois para cabo de Soccorro . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . soccorro que se mandou do Rio de Janeiro para a . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . seiscentos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . em que os hollandezes a ella tomaram levando de os lançarem em terra, e de ocuparem . . . . . . os fizeram retirar sem conseguir em cujos re. . . . via, e da mesma maneira em socegar o . . . . . . . . numero de gentio, e lhe pertencer por . . . . . . . . a accusações dos serviços que seu pae . . . . . . . . . . tos annos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . soldados: Hei por bem de lhes fazer . . . . . . . . . . . . do Cabo Frio . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ção, que delles fez . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . com o qual haverá o dito . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . res, que lhe fará na . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . de Janeiro, e todos os . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Pelo que mando . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . do Cabo Frio. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . soldo, proes, e precal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . dado juramento n . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . e casa da mina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Carta que será regist . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . antes que o dito João Garcia de . . . . . . . . . . . . . . . . do Cabo Frio, me far…á por ella preito . . . . . . . . dor segundo uso, costume destes . . . . . . . . . . . . . . . costas desta Carta, e pagará . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . boa a dezoito ele Setembro . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Christo de mil seiscentos cin . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . gues Tinoco a fiz escrever . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . da Capitania do . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Garcia de Magalhães por três annos . . . . . . . . . . Vossa Magestade ver . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Faria Severim 14 de . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . resolução de Sua Mag . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . do Conselho Ultramarino . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Deão de Lisboa. Fica assentada pagou cem reis . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . pagou setecentos reis Lisboa aos vinte e seis de Se- . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . e três. E aos officiaes duzentos, e oitenta . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Registada na Chancellaria no livro . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Diogo de Pinho Cabral. Registada nos li-  . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Rodrigues Adorno — a . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . desta Carta deste cargo Lisboa . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Henrique . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . no livro treze da Câmara . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . três a fls. 345 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . O Conde de

(De accordo com o Índice, que vem no começo deste códice e cujas folhas se acham rasgadas, as linhas que abaixo seguem pertencem á Carta Patente do Conde de Atouguia).

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Rei de . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .  em África Senhor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Ethiopia, Arábia, Per- . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . que esta minha Carta Patente . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . merecimentos, e partes, que concorrem . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Conde de Atouguia, e aos ser- . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . guárnição da província . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . satisfação, e por confiar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . servirá muito como deve . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . de o prover no . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Estado do Brasil, que . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . que eu houver por bem, e não man . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ordenado proes, e precalços, que regimentos lhe pertencem, . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . pre

(Neste ponto faltam ao códice as folhas ele ns. 230 a 237. A de n.° 238 é a primeira do fragmento de códice existente na Bibliotheca, do qual este do Arch. Pub. Mineiro é o começo).

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

Escolher e nomear a. que fosse servido, e ser uma de . . . . . . . . . . . . o Ajudante Gonçalo Ferreira digo Gonçalo Corrêa de Mescpuita que me tem servido desde o anno seiscentos e trinta e sete até o passado de seiscentos e cincoenta. e dous sem interpolação em praça de Saldado Alferes, e Ajudante no Rio de Janeiro, e nas Fronteiras deste Reino e do Algarve achando-se em muitas occasiões ele importância, e rebates, e nas fortificações que se fizeram pelejando com valor, e grande resolução na invéstida que os Castelhanos fizeram no anno de quarenta e um em Olivença donde se retiraram com perda de muita gente, e no Sitio ele Badajós nas tomadas elas Villas de Valverde e Alcanchel Villa nova ele Alferno, e Figueira de Vargas, e nos Recontros, e emboscadas, assaltos, e pelejas que no dito tempo se fizeram procedendo sempre com grande valor, e resolução: e por esperar delle que em tudo de que o encarregar me servirá com a mesma satisfação com que até agora tem feito. Hei por bem, e me praz, de approvar, e nomear (como pela presente approvo, e nomeio,) por Capitão da dita companhia ele São Vicente e São Paulo para que sirva assim, e ela maneira que a serviram os mais Capitães seus antecessores na forma das ordens digo das doações do dito donatário, e isto emquanto eu houver por bem, e não mandar o contrario com o qual haverá o ordenado que lhe tocar, que começará a vencer do dia que partir desta Cidade para a dita Capitania o que justificará nella pelos officiaes e pessoas do navio em que for, e gosará de todas as honras, liberdades, preeminencias, isenções, e franquezas, que em razão do dito cargo lhe pertencerem pelo que mando á pessoa que estiver servindo ele Capitão da dita companhia em sua falta aos officiaes della que lhe dêm a posse, e juramento digo lhe dêm a posse da mesma Capitania, e lhe deixem servir na forma referida, e a todos os officiaes da justiça, guerra, e fazenda della que em tudo cumpram seus mandados de palavra, e por escripto, e lhe obedeçam como a seu Capitão mui pontualmente. E o dito Governador digo Gonçalo Couraça, antes que parta desta Cidade, fará em minhas mãos preito, e homenagem, e juramento costumado pela dita Capitania segundo uso costume deste Reino, ele que se fará assento pelo referido Secretario a que tocar nas costas desta Carta que por firmeza ele tudo lhe mandei dar por mim assignada sellada com Meu sello pendente a qual se registará nos livros elo meu Conselho Ultramarino, e casa da Mina da data della a quatro mezes primeiros seguintes, pagará o novo direito. Dada nesta Cidade de Lisboa aos vinte oito dias do mez de Agosto. Manoel de Oliveira a fez. Anno do Nascimento de Nosso Senhor Jesus Christo de mil seiscentos cincoenta e três. O secretario Marcos Rodrigues Tinono a fez escrever.

El-Rei.

O Conde de Odemira.

Carta Patente do cargo de Capitão da Capitania de São Vicente, e São Paulo no Estado do Brasil de que Vossa Magestade faz mercê a Gonçalo Couraça de Mesquita em virtude da nomeação que nelle fez ao Marquez de Cascaes donatário da mesma, Capitania para servir emquanto Vossa Magestade o houver por bem, e não mandar o contrario como nella se declara.

Para Vossa Magestade ver. Por resolução ele Sua Magestade ele vinte de Agosto de mil seiscentos cincoenta e três. Em Consulta elo Conselho Ultramarino de seis do dito mez e anno. Antônio Furtado de Mendonça Deão ele Lisboa. Pagou três mil e quatrocentos reis.

Lisboa, treze ele Novembro ele mil seiscentos cincoenta e três. Gaspar Maldonado. Registada na Chancellaria no livro ele officios e mercês a fls. 302. Aleixo Ferreira Botelho a fls. 66 do livro dos direitos novos ficam carregados três mil e quatrocentos reis da carta deste cargo.

Lisboa treze ele Setembro ele seiscentos e cincoenta e três. João Pinto. Henrieitte Corrêa da Silva. Fica assentada pagou duzentos reis. João Alves Soares. Registada no livro 13 da Mina a fls. 548 em Lisboa em dezesete de Setembro de seiscentos e cincoenta e três. Pedro Telles da Silva. Registada nos livros do Conselho Ultramarino a fls. 3 verso. Marcos Rodrigues Tinoco. Aos vinte e quatro dias do mez de Setembro anno de mil seiscentos e cincoenta e três nos Paços da Ribeira desta Cidade de Lisboa. Deu homenagem nas Reaes mãos de Sua Magestade Gonçalo Couraça de Mesquita. Pela Capitania ele São Vicente, e São Paulo do Estado do Brasil: sendo presentes por testemunhas, Garcia ele Mello monteiro-mor do dito Senhor, e Dom João de Almeida alcaide-mor dos coutos de Alcobaça. Eu Pedro Vieira da Silva do Conselho de Sua Magestade, e seu Secretario de Estado que a dita homenagem a subscrevi e assignei em Lisboa a vinte e oito de Setembro de mil seiscentos e cincoenta e três. Pedro Vieira da Silva. Cumpra-se e Registe-se. Bahia 15 de janeiro de seiscentos e cincoenta e quatro.

O Conde de Atouguia.

 
 
[quads id="2"]
 
 
DOCUMENTOS Históricos. Provisões, Patentes, Alvarás, Mandados. 1651-1693. Vol. XXXII. Rio de Janeiro: Biblioteca Nacional. 1936, p.71-77.
Acervo Biblioteca Nacional
Não há.
 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto:
//]]>