26/02/1725: Patente de confirmação por Sua Majestade, que Deus guarde, concedida a Antônio de Lemos no posto de Capitão de Infantaria da praça da capitania do Espírito Santo

31/10/1722: Provisão da serventia do ofício de Ouvidor da Capitania do Espírito Santo concedida a Francisco Rodrigues do Atalaia
13/06/2016
14/08/1725: Carta para o Provedor da Fazenda Real da capitania do Espírito Santo
13/06/2016
 
[quads id="1"]
 
 

Dom João por graça de Deus Rei de Portugal e dos Algarves, daquém e dalém-mar, em África, Senhor de Guiné, e da conquista, navegação, comércio da Etiópia, Arábia, Pérsia e da Índia, etc. Faço saber aos que esta minha Carta Patente de confirmação virem que tendo respeito a Antônio de Lemos estar provido por Vasco Fernandes César de Menezes, Vice-Rei e Capitão General de mar e terra do Estado do Brasil a quem tenho concedido possa prover os postos pagos que vagaram no dito Estado, por culpa ou morte dos providos, em o posto de Capitão de Infantaria da praça da capitania do Espírito Santo que vagou pro falecimento de João Gomes de Aguiar que o exercia; atendendo ao dito Antônio de Lemos me haver servido por espaço de dezoito anos e vinte e sete dias na praça de soldado, sargento-supra e do número, alferes da dita companhia em que se tem havido com bom procedimento e por esperar dele que com a mesma satisfação se haverá daqui em diante em tudo o de que fôr encarregado do meu serviço conforme a confiança que faço da sua pessoa. Hei por bem fazer mercê ao dito Antônio de Lemos de o confirmar (como por esta o confirmo) no posto de Capitão da dita Companhia de Infantaria da praça da capitania do Espírito Santo que se acha vago pro falecimento do dito João Gomes de Aguiar, em que o proveu o dito Vice-Rei, com o qual haverá o sôldo que lhe tocar, pago na forma de minhas ordens e gozará de todas as honras, privilégios, liberdades, isenções e franquezas que em razão dele lhe tocarem. Pelo que mando ao meu Vice-Rei e Capitão General de mar e terra do Estado do Brasil e ao Capitão-mor da Capitania do Espirito Santo conheçam ao dito Antônio de Lemos por Capitão da referida companhia e como tal o honrem, estimem e o deixem servir e exercitar e haver o dito sôldo como dito é debaixo da mesma posse e juramento que se lhe deu quando nela entrou e aos oficiais e soldados seus subordinados ordeno que em tudo lhe obedeçam e cumpram suas ordens por escrito e de palavra como devem e são obrigados, que por firmeza de tudo lhe mandei passar esta carta Patente de confirmação por duas vias, por mim assinada e selada com o sêlo grande de minhas armas. Dada na cidade de Lisboa ocidental, aos vinte e seus dias do mês de fevereiro. Antônio  de Cobelos Pereira a fêz, ano do nascimento de Nosso Senhor Jesus Cristo de mil setecentos e vinte e cinco. O secretário André Lopes de Lavre a fêz escrever. E-Rei. Sêlo. Patente por que Vossa Majestade faz mercê a Antônio de Lemos de confirmar no posto de Capitão de Infantaria da praça da capitania do Espírito Santo que vagou por falecimento de João Gomes de Aguiar, em que o proveu o Vice-Rei do Estado do Brasil Vasco Fernandes César de Meneses. Como nela se declara que vai por duas vias. Para Vossa Majestade ver. Primeira via. Por despacho do Conselho Ultramarino de dezoito de fevereiro de mil setecentos e vinte e cinco. João Teles da Silva. Antônio Roiz da Costa. João Roiz Pereira. Pagou quinhentos e quarenta réis, e aos oficiais quinhentos e vinte e quatro réis. Lisboa ocidental, 24 de maio de 1725. Dom Miguel Maldonado. Registada na Chancelaria-mor da Côrte e Reino no livro de ofícios e mercês à folha 32. Lisboa ocidental, 24 de março de 1725. Xavier Álvares de Moura. Fica assentada esta carta nos livros das mercês, e pagou duzentos réis. Amaro Nogueira de Andrade. Registada à folha 19 verso do livro 17 de ofícios da secretaria do Conselho Ultramarino. Lisboa ocidental, 24 de março de 1725. André Lopes de Lavre. Cumpra-se e registe-se. Bahia e junho, 14 de 1725. Vasco Fernandes César de Meneses.

 
 
DOCUMENTOS Históricos. Cartas, Patentes e Provisões, 1725. Vol. LXXIV. Rio de Janeiro: Biblioteca Nacional. 1946, p.39-41.
Acervo Biblioteca Nacional
Não há.
 
 
[quads id="2"]
 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto:
//]]>