16/10/1639: Registro da Patente de Francisco Gil de Araújo Capitão de Couraças de Cavallo

[Entre 22/02 e 27/06/1639]: [dos homens do terço de Dom Fernando de Lodenha]
31/12/2015
01/08/1639: Registro da Provisão do Vigário da Capitania do Espirito Santo pela qual se lhe manda pagar seu ordenado
31/12/2015
 

Dom Fernando Mascarenhas Conde da Torre etc. Porquanto convém acrescentar o número da Cavalaria, e fazer levas em diferentes partes, e vós o Capitão Francisco Gil de Araújo vos oferecestes por servir a Sua Majestade a levantar uma Companhia, de Couraças, e vos propôs para este efeito o General da Cavalaria deste Estado, e serdes pes­soa de qualidade, e serviços porquanto fostes nesta Praça Alferes do Mestre de Campo, e Capitão de Infantaria servindo sempre com muita pontualidade, e satisfação de vossos Maiores, e ultimamente vos achastes no Sitio que o Conde de Nazão pôs a esta Cidade, e nos encontros que se teve com o inimigo pelejastes com conhecido valor, e saístes ferido e queimado como melhor consta da Patente por que fostes provido a Capitão de Infantaria, e por que além destes merecimentos com particular zelo procurais ajustar os Soldados comprando as Armas, fazendo em tudo despesa considerável de vossa Fazenda. Hei por serviço de Sua Majestade que levanteis uma Companhia de Cavalos até sessenta homens para com ela haver de servirdes ao dito Senhor na qual vos elejo e nomeio por Capitão a qual Companhia será uma das de cavalos couraças que hão de servir no exercito, e com ela gozareis de todas as honras graças, e isenções mercês franquezas, e liberdades que vos tocam, e devem tocar, e ordeno, ao Mestre de Campo Geral Generais da Cavalaria, e Artilharia Mestres de Campo, Tenentes de Mestre de Campo geral Comissário geral da Cavalaria Sargentos-mores Capitães oficiais, e Soldados assim de Infantaria ‘como Cavalaria deste Exercito vos hajam tenham, e estimem c reputem por tal Capitão de Couraças c aos de vossa Companhia vos obedeçam cumpram e guardem as ordens que lhe derdes por escrita ou de palavras como as minhas próprias, e ordeno ao Geral da Cavalaria deste Estado vos meta de posse da dita Companhia de Couraças, e aos Oficiais da Fazenda de Sua Majestade tomem razão da presente assentando-vos nos Livros dela os oitenta escudos de soldo ao mês que vos tocam, e haveis de gozar todo o tempo que servirdes com a dita Companhia para o que vos mandei dar a presente firmada de minha mão e selada com o selo de minhas Armas, e Referendada do meu infra-escrito Secretario dada nesta Cidade da Bahia de todos os Santos aos dezesseis dias do mês de Outubro de mil seiscentos trinta e nove. Dom Fernando Mascarenhas Conde da Torre. Cumpra-se e Registe- se. Bahia vinte sete de Outubro de mil seiscentos trinta e nove. Parvi.

Gonçalo Pinto de Freitas.

 
 
 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto:
//]]>