13/10/1639: Registo da patente do capitão Sebastião Corrêa de Sirvellas

21/04/1651: Carta para os officiaes da camara da villa da Victoria [Vila de Vitória] capitania do Espirito Santo
12/08/2016
17/10/1655: Registo da patente do capitão Francisco Luiz de Oliveira, que ora vae por Capitão-mor a Capitania do Espirito Santo
13/08/2016
 
[quads id="1"]
 
 

Dom Felipe por Graça de Deus Rei de Portugal etc. Faço saber aos que esta minha Carta Patente virem, que por confiar de Sebastião Corrêa de Sirvellas que em tudo, o do que o encarregar me servirá com toda a satisfação., e tendo consideração ao modo com que se dispoz a concorrer na leva dos mil homens que Dom Diogo Lobo fez nas Ilhas terceiras me praz, e hei por bem de o prover do Cargo de Capitão de uma das Companhias de Infantaria da dita gente para que me vá servir com ella no Brasil com qual haverá e gosará o soldo preeminencias, graças liberdades, e franquezas, que hão, e têm e de que usam os mais Capitães pelo que mando na forma costumada mando ao dito Dom Diogo Lobo que o metta de posse della e lh’a deixe servir e aos officiaes e soldados que lhe obedeçam, e guardem suas ordens como são obrigados, e por constar que desta mercê não deve meia annata lhe mandei por firmeza de tudo o que dito é dar esta Carta por mim assignada e sellada com o sello grande de minhas armas. Dada na Cidade de Lisboa aos dezoito dias do mez de Maio. Panthalião Figueroa a fez anno do Nascimento de Nosso Senhor Jesus Christo de mil seiscentos trinta e nove, Miguel de Vasconcellos e Brito o fez escrever. Margarida.

Dei-lhe posse, e juramento na forma costumada. Terceira dezaseis de Junho de mil seiscentos trinta e nove Dom Diogo Lobo. Cumpra-se como Sua Magestade manda e Registe-se Bahia treze de Outubro de mil seiscentos trinta e nove, o Conde da Torre Registe-se Parvi, no mesmo dia a registei.

Gonçalo Pinto de Freitas.

(À margem): O Capitão Sebastião Corrêa de Sirvella que veiu com sua Companhia no soccorro que veiu das Ilhas provido pela Patente de que saiu este Registo que aqui se registou em 13 de Outubro de 1639 se embarcou em Companhia da armada com que o Conde da Torre fez jornada a Pernambuco para onde partiu em 20 de Novembro do mesmo anno; e foi o Navio era que ia rendido do inimigo no Cabo de Santo Agostinho e o Capitão levado ao Recife onde esteve te que foram lançar a Capitania do Espirito Santo donde tomo a esta Praça onde se lhe não formou Matricula por se occupar sua Companhia por falta, sua pessoa.

Apresentou hoje 22 de julho uma Provisão dos Governadores deste Estado de 21 do mesmo por que lhe dão licença para se ir para o Reino livremente sem limitação de tempo nas costas de uma Petição por que pediu a dita Licença por não ter titulo na matricula, e mandar o Provedor-mor por despacho seu sentei e notei aqui. Bahia 22 de Junho de 611 (sic).

Gonçalo Pinto.

 
 
BIBLIOTECA NACIONAL. Documentos Históricos: 1639-1655 - Provisões, Alvarás e Sesmarias (Vol. XVIII). Rio de Janeiro: Typographia Monroe, 1930. pp. 50-52.
Acervo Biblioteca Nacional
Não há.
 
 
[quads id="2"]
 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto:
//]]>