Exposição: Uma cronologia dos mapas

29/03/2018
Exposição: Evolução de Vitória
29/03/2018
Exposição: Encerramento
29/03/2018

Uma cronologia dos mapas


spiritosancto-expo-placa21

Para tentar entender melhor como se deu a criação dessa produção cartográfica durante o século 17, e entender a sua cronologia e, quem sabe, sua genealogia, foi criado este esquema.

Aqui, destaca-se a relação entre todos os mapas da exposição, seja em sua cronologia, seja em sua origem. Nem sempre somos capazes de apontar quais mapas foram usados como base por outros. Porém, entre os desenhos de Vitória, os mapas de Albernaz, o Velho, certamente foram influenciados pela obra de seu pai, ainda que tenha atualizado tanto o desenho quanto os topônimos. Já o mapa de Vingboons, apesar de não trazer nada de diferente dos mapas portugueses, é difícil apontar uma origem específica para suas informações.

Já entre os mapas do Espírito Santo, é possível montar a genealogia dos mapas portugueses desde o mais antigo, de Luis Teixeira, até 1640, o momento em que todo o território da capitania é cartografado, e até 1675. Não só os primeiros mapas do Livro da Razão do Estado do Brasil (de 1616 a 1627) são um claro avanço em relação ao anterior, como os de 1631 também são um importante passo à frente, ampliando a área mapeada e atualizando o mapa de Vitória. Mas é em 1640 que Albernaz encontra o formato que será utilizado pelo restante do século.

A partir de um conjunto de mapas original de 1640, sabemos haver diversas cópias e que os mapas portugueses posteriores são baseados diretamente nele. Já o mapa do holandês Van Keulen (1680) parece encontrar seus topônimos na obra de Albernaz, de 1640. Entretanto, é impossível dizer com certeza que ele foi fruto direto das obras portuguesas.



Exposição

27/03/2018

Exposição Mapas do Espírito Santo Colonial estreia no Arquivo Público

No dia 3 de abril o Arquivo Público do Estado do Espírito Santo inaugura a exposição Mapas do Espírito Santo Colonial. Organizada pelo historiador capixaba […]
27/03/2018

Exposição: Mapas do Espírito Santo Colonial

Mapas! Esta é, sem dúvida, uma palavra que resume o funcionamento do império português entre os séculos 16 e 18. Preocupados em administrar um império […]
27/03/2018

Exposição: Contexto Histórico

A CARTOGRAFIA MODERNA PORTUGUESA O processo de mapeamento do Espírito Santo seguiu dos moldes do reconhecimento e mapeamento de toda a costa do Brasil, um […]
28/03/2018

Exposição: Mapas Gerais

A Capitania do Espírito Santo fez parte do processo de reconhecimento e ocupação da costa e entre os mais antigos mapas do Brasil estão alguns […]
28/03/2018

Exposição: Ilha de Duarte de Lemos

Luís Teixeira foi um dos mais importantes cartógrafos portugueses no século XVI e um dos poucos a de fato percorrer e reconhecer a costa do […]
28/03/2018

Exposição: Costa do Brasil entre Porto Seguro e Espírito Santo

Gaspar Ferreira Reimão foi um dos mais importantes navegadores da Carreira da Índia, as rotas de navegação entre Portugal e suas colônias. Ele era cavaleiro-fidalgo […]
28/03/2018

Exposição: Capitania do Espirito Sancto

O Atlas de las costas y de los puertos de las posesiones portuguesas em América y África é uma coleção de 35 mapas feitas por […]
28/03/2018

Exposição: Capitania do Espíritu Sancto

Este mapa, que pertence à Real Academia de la Historia, na Espanha, é um impressionante trabalho de mapeamento da ilha de Vitória e seus arredores. […]
29/03/2018

Exposição: Rio de Espiritu Santo

A cartografia holandesa do século 17 foi influenciada pelos mapas portugueses do mesmo período. Porém, enquanto em Portugal a produção ficava aos cuidados dos Armazéns […]
29/03/2018

Exposição: Porto do Spirito Santo

O quadro do Porto do Spirito Santo está em uma das páginas das Taboas geraes de toda a navegação. Este atlas hidrográfico é um impressionante […]
29/03/2018

Exposição: O Ispirito Santo

O forte interesse holandês no Brasil foi registrado em diversos mapas. Isso corresponderia a uma necessidade que os holandeses tinham de obter o máximo de […]
29/03/2018

Exposição: Demostração da Capitania do Spirito Santo atte a ponta da barra do Rio Doçe

Filho de Luís Teixeira, João Teixeira Albernaz continuou o trabalho de seu pai e produziu mapas de notável qualidade artística da América portuguesa, com destaque […]
29/03/2018

Exposição: O Estado do Brasil

O Estado do Brasil é um impressionante conjunto de 37 mapas da América portuguesa, o maior até então. Talvez por isso, encontramos nele três mapas […]
29/03/2018

Exposição: Descripção de todo o Maritimo da terra de S[an]ta Crvs

O Estado do Brasil é um impressionante conjunto de 37 mapas da América portuguesa, o maior até então. Talvez por isso, encontramos nele três mapas […]
29/03/2018

Exposição: Descripção de toda a costa da Provinsia de santa Cruz

Das obras sobre o Brasil de João Teixeira Albernaz, o Velho, esta é a última que se tem notícia. Ela está na Biblioteca da Ajuda, […]
29/03/2018

Exposição: [Atlas do Brasil]

João Teixeira Albernaz, o Moço, é bisneto de Luís Teixeira e neto homônimo do cartógrafo que fez mapas do Brasil e do Espírito Santo entre […]
29/03/2018

Exposição: Livro da descripção de toda a costa do estado do Brasil

Os mapas que vemos aqui fazem parte do Livro da descrição de toda a costa do (estado) do Brasil. As duas cópias existentes do livro […]
29/03/2018

Exposição: Dell’Arcano del Mare

Estas cartas pertencem ao valioso Dell’Arcano del Mare. Reconhecido por sua beleza e por sua importância, o Arcano del Mare é um trabalho impresso e […]
29/03/2018

Exposição: Pas-Kaart van de zee-kusten van Brazilia

Quando o cartógrafo holandês Joannes Van Keulen obteve a patente do governo para publicar mapas, ele comprou diversas placas de outros cartógrafos, vindo inclusive a […]
29/03/2018

Exposição: Provincie dello Spirito Santo e di Porto Sicuro

Este impressionante mapa impresso, de 1698, faz parte de um conjunto de 23 mapas feitos pelo cartógrafo italiano Andrea Antonio Orazi para o livro Istoria […]
29/03/2018

Exposição: Evolução da área mapeada

Estes esquemas mostram, a partir do formato atual do Estado do Espírito Santo, a área exibida em cada mapa do período colonial que observamos (nos […]
29/03/2018

Exposição: Evolução de Vitória

Aqui, vemos esquemas que mostram a evolução do mapeamento da ilha de Vitória e seus arredores a partir de um mapa atual da região. Dos […]
29/03/2018

Exposição: Uma cronologia dos mapas

Para tentar entender melhor como se deu a criação dessa produção cartográfica durante o século 17, e entender a sua cronologia e, quem sabe, sua […]
29/03/2018

Exposição: Encerramento

Nos séculos 16 e 17, encontramos mapas bastante diferentes do Espírito Santo. Alguns são meros rascunhos, com cartuchos ou rosas dos ventos incompletas, outros cuidadosamente […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

//]]>