24/08/1649: Treslado da carta que foi para (o Espírito Santo da Capitania) para os officiaes da Câmara

13/06/1648: Carta para o Desembargador Manuel Pereira Franco
28/10/2016
1781: Certidão de nascimento de Domingos José Martins
28/10/2016
 
[quads id="1"]
 
 

Dando cumprimento a uma carta, que tive de Sua Magestade que Deus guarde sobre algumas materias de que o João Ferrão de Castel-branco lhe havia dado conta governando essa praça, e deferindo a carta que V. Ms. me escreveram sobre o pouco cabedal que ahi tem sua Real Fazenda, os grandes soldos de que gosavam o , Capitão e Alferes de ínfanteria, e os poucos Soldados que havia pagos nessa , sendo ella tão desejada dos Hollandezes [], e podendo coim o que sobra a estas praças maior accrescentar as dos Soldados: me pareceu enviar nesta oceasião um alvará ao , e Provedor da Fazenda, em que lhes ordeno que se não dê a estes officiaes mais que a paga de seus soldos, e que com o que delles se lhe diminue façam por accrescentar á Companhia até oitenta infantes ao menos: e como este serviço de se segurar essa praça redunda em tanto beneficio de seus moradores espero eu de sua lealdade; e do zelo, com que vejo que V. Ms. me escrevem, que se a não chegar a sustentar este numero suppra esse povo o que lhe faltar de maneira que se conserve essa Companhia, com esta gente para melhor acudir á defensa dessa Villa; e de suas fortalezas. Também ordeno ao , que mande assistir nellas com a dita Companhia o Capitão Luis Ferreira; e porque lhe encommendo, lh’as faça entregar com clareza mui especialde tudo o que nellas fez e deixou para sua. defensa o mesmo João Ferrão, e convém que se conserve tudo de maneira, que não venha a cair a perfeição com que tenho entendido que estão no descuido em que talvez costumam a estar outras; V. Ms. tenham particular cuidado de mandar ver se se descaminha, ou não conserva tudo o que nella está de munições, petrechos, e artilharia na referida forma em que ficou, e havendo alguma mudança, ou omissão em se concertar alguma cousa que o tempo possa avisem V. Ms. a este Governo, para que se o que for, o não fizer pela advertência de V. Ms. o mande o Governador Geral remediar e estranhar o descuido que se tiver: que ainda que esta obrigação toque mais principal e immediatamente ao Provedor da Fazenda, todavia depende tanto das ditas fortalezas a conservação dessa republica, que devem V. Ms. zelar também o que nellas é necessário para a guerra, assim como lhe toca fazel-o em seu benefido na paz. E para que esta ordem vão seguindo os officiaes que nesse tribuna! forem succedendo, a façam V. Ms. registar nos livros della. E no que as occasiões do serviço de Sua Magestade o pedirem ajudem V. Ms. e favoreçam ao de maneira, que á união de V. Ms. com elles, se devam os acertos que espero que logre na conservação e defensa dessa Capitania se o inimigo a intentar.

Guarde Deus a V. Ms. 26 de Agosto de 1649.

 
 
BIBLIOTECA NACIONAL. Documentos Históricos: 1648-1672 - Correspondência dos Governadores Gerais - Conde de Castello Melhor, Conde de Athouguia, Francisco Barretto (Vol. IV). Rio de Janeiro: Augusto Porto & C., 1928. pp.457-459.
Acervo Biblioteca Nacional
Não há.
 
 
[quads id="2"]
 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto:
//]]>