14/06/1534: Alvará régio de cedência de um navio e munições a Vasco Fernandes Coutinho em troca de uma tença de 30.000 reais

29/04/1546: Carta de Pedro de Góis escrita da Vila da Rainha a D. João III
20/10/2017
12/03/1543: Carta de confirmação da demarcação das capitanias de Pedro de Góis e de Vasco Fernandes Coutinho
20/10/2017
Exibir tudo

14/06/1534: Alvará régio de cedência de um navio e munições a Vasco Fernandes Coutinho em troca de uma tença de 30.000 reais

 
[quads id="1"]
 
 

Eu ei Rey faço saber a vós Pedro Afonso d Aguiar ffidalgo de minha casa e provedor dos meus almazens que Vasco Fernandez Coutinho fidalgo de minha casa ha daver de mym dozentos e cincoenta e cinco mill reaes que montarom nos trinta mil reaes de tença em cada hüu anno que de mim tinha em quanto minha mercê fose que lhe comprey a rezam de oyto mill e quinhentos reaes por milheiro e por quanto o dito Vasco Fernandez me dise que tinha necesydade de hum navyo monições e outras cousas das que ouvese pera mym neses almazens e pera a terra do de que lhe tinha feito mercê me pedio por suas avaliações pelos preços que me custarão he mandase dar o dito navio e monições e dese comta da dita comtia o que ey por bem pelo que vos mando que lhe façais dar o dito navio e cousas outras que vos diser que he mester das que ouver nos ditos almazens per suas avaliações pelo que pera mim custarem atee a dita comtia dos ditos dozentos e cincoenta e cinco mill reaes e por este ou o trelado delle e seus conhecimentos e vosa certidam do que lhe for dado mando que seja levado em conta ao officiall sobre que for carregado. Cosme Anes o fez em xxbij dias de junho de mil bcxxxiüj.o E este nam pasara pela chancelaria. Os quaes xxx mil fyquam riscados em verba posto que os nam ha daver por lhes asy comprar e o padrão se rompeo

—Rey.

—Pera Pedro d Aguiar que V. A. ha por bem que se dee húu navio dos de V. A. e das monições e cousas outras que ouver no almazem que ouver mister Vasco Fernandez Coutinho pera levar ao Brasil . . . . dia de ijclb mil reaes per que lhe comprou os xxx mil reaes de tença que . . . . por suas avaliações pelos preços que V. A. custão… e o padrão se rompeo.

Dos duzentos e cincoenta e cinco mil reaes conteúdos este alvará de sua Alteza atraz sam descontados dez mil e trezentos e vinte reaes que valerão as cousas que ouve em Diogo Lopez de Calheyros almoxarife do almazem do Reyno o qual almoxarife tem minha provisão pera lhe as ditas cousas serem levadas em conta com ho trelado do alvará de Sua Alteza na qual provisão vay decrarado este desconto oje 14 dias d outubro de e asy lhe sam mays descontados 22350 reaes que valeram as armas que o dito Vasco Fernandez ouve em Joam Diaz Porcalho almoxarife darmaria o quoal tem minha provisão pola dita maneyra. oje 14 dias do dito mes e era.

— Pedro Afonso dAguiar.

No dorso: Valeo a caravela Grorya e cousas que se derão com ela a Vasco Fernandez Coutinho lxxxiüj mill iijclxxxüij reaes que ouver em Bastião Gonçalvez segundo se mostra per asentos de livros per suas avaliações.

 
 
DIAS, C. M., VASCONCELLOS, E. J. D. C., & GAMEIRO, A. R. História da Colonização Portuguesa do Brasil - Edição Monumental Comemorativa do Primeiro Centenário da Independência do Brasil. Vol. III. Porto: Litografia Nacional, 1922, p.264.
Acervo Biblioteca Nacional
Não há.
 
 
[quads id="2"]
 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto:
//]]>