02/09/1675: Carta que se escreveu ao Capitão-mor do Espirito Santo sobre a sumaca que há e vir com o aviso das minas

14/08/1675: Carta para o Governador do Rio de Janeiro Mathias da Cunha sobre os Indios que pediu Joseph Gonçalves de Oliveira Capitão-mor do Espirito Santo
03/06/2016
13/08/1675: Carta patente do posto de Capitão-Mor de toda a gente que vae ao descobrimento das Esmeraldas, provido em José Gonçalvez de Oliveira, Capitão-mor da Capitania do Espirito Santo
03/06/2016
Exibir tudo

02/09/1675: Carta que se escreveu ao Capitão-mor do Espirito Santo sobre a sumaca que há e vir com o aviso das minas

 
[quads id="1"]
 
 

. . . . . . . . . . da sumaca . . . . . . . . . . . . . . das . . . . . . . . . . . . . . . . . . depois for ahi aportar: no mesmo ponto se informe Vossa Mercê o Mestre e mais pessoas que nella vierem . . . . . . . . . . . . mesma sumaca . . . . . . . . . . , se trazem pedras prata . . . . . . esta matéria poder especular . . . . . . . . . . . . . . . toda a certeza que elles souberem dar, para me ser presente. E no mesmo ponto me despache Vossa Mercê um correio por terra com o tal informação; encarregando-lhe a diligencia e segurando-lhe da minha parte o bem que lh’a hei de mandar satisfazer, e seja pessoa de que Vossa Mercê faça confiança de que executará o que Vossa Mercê lhe ordena a toda a pressa. E se acaso o Mestre, ou as pessoas que vierem na dita sumaca trouxerem alumas pedras suas (não falo nas que se me hão de remetter a mim as menos porque essas hão de vir sempre na sumaca) Vossa Mercê lh’as peça e m’as remetta pelo mesmo correio. E tanto que aplacar . . . . e houver logar da sumaca fazer viagem . . . . . . . para que não perca momento de o fazer e me chegar a p…. quanto antes ser possa. Guarde Deus a Vossa Mercê. Bahia e Setembro 2 e .

 
 
DOCUMENTOS Históricos. Correspondencia dos Governadores Geraes 1675-1709. Provisões 1664-1668. Vol. XI. Rio de Janeiro: Biblioteca Nacional. 1929, p.560.
Acervo Biblioteca Nacional
Não há.
 
 
[quads id="2"]
 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto:
//]]>